Papa une-se em oração aos argentinos na Festa de Nossa Senhora de Luján

Nossa Senhora de Luján é a padroeira da Argentina e sua festa é comemorada no dia 8 de maio. Neste dia, os fiéis do mundo inteiro se unirão para rezar o Terço pelo fim da pandemia.

06 • MAI • 2021
 

Vatican News

O Papa Francisco enviou uma mensagem ao povo argentino, que estará unido em oração nos dias 7 e 8 de maio: véspera e festa de Nossa Senhora de Luján, padroeira da Argentina.

Os bispos do país se reunirão no dia 7 para rezar o Terço pela saúde do povo argentino. Desde Roma, “eu os acompanho”, garantiu Francisco.

Já no dia de Nossa Senhora de Luján, os fiéis do mundo inteiro rezarão o Rosário conectados com o Santuário Nacional argentino. E além do Terço, haverá uma missa no final do dia para a troca de manto da Virgem. Nesta celebração eucarística, a Igreja será convocada para preparar o novenário de 2030 para celebrar os 400 anos do “milagre de Luján”, os seja, da presença da Imagem entre os argentinos.

Uma memória forte garante um futuro seguro

“É um caminho muito longo, mas passa rápido, porém é preciso fazê-lo”, disse o Papa. “Um caminho de memória do que a Virgem fez ali, quis permanecer ali. Um caminho de memória, de tantos anos e anos de peregrinações, de pedidos, de milagres, de filhos e filhas que caminham para ver a Mãe.”

Os votos de Francisco é de que neste encontro do dia 8 a memória seja a guia dos bispos, “porque uma memória forte garante um futuro seguro”.

“Recordem tudo o que a Virgem fez em nossa pátria. Deixem-se acompanhar por Ela e acompanhem-na em seu caminho. Que Deus os abençoe e que a Virgem cuide de todos. E por favor, não se esqueçam de rezar por mim.”