Francisco a peregrinos de Fátima: levem o desejo ardente de paz no mundo

Na Audiência Geral, o Papa saudou os fiéis de língua portuguesa que estão se dirigindo ao Santuário de Fátima, em véspera de celebração do dia 13 de maio, data da primeira aparição da mãe de Deus aos três pastorzinhos em Portugal. "Unidos a estes nossos irmãos, também nós confiamos o ardente desejo de paz no mundo à Virgem Maria, que a todos envolve com o seu olhar materno", disse o Pontífice.

11 • MAI • 2022
 

Andressa Collet - Vatican News

O 13 de maio está chegando, data em que comemoramos Nossa Senhora de Fátima. Nesse mesmo dia, em 1917, a mãe de Deus fez a sua primeira aparição aos três pastorzinhos em Portugal. O Papa Francisco justamente fez referência à data durante a Audiência Geral desta quarta-feira (11), ao se dirigir aos peregrinos de língua portuguesa e àqueles que estão se preparando para as celebrações oficiais em Fátima que, neste ano, vai oferecer um programa completo e com serviços de acolhimento funcionando com total normalidade, dois anos após a pandemia. O Pontífice confiou a Nossa Senhora um desejo comum:

“Ao acolher vocês, o meu pensamento se dirige também àqueles que, nestes dias, rumam ao Santuário de Fátima, levando a Nossa Senhora as alegrias e as preocupações dos seus corações. Unidos a estes nossos irmãos, também nós confiamos o ardente desejo de paz no mundo à Virgem Maria, que a todos envolve com o seu olhar materno. Que a bênção do Senhor sempre os acompanhe!”

O Papa Francisco reforçou o convite à oração pela paz, quando se dirigiu aos fiéis de língua alemã na Audiência Geral:

“Mais uma vez, convido-os a rezar o Terço pela paz no mundo. Que o Senhor nos conceda experimentar a sua proximidade nas alegrias e dificuldades do nosso tempo.”

Mês mariano na Basílica de São Pedro

Em homenagem a Maria, a Basílica de São Pedro também está com programação especial neste mês de maio, através de oração itinerante toda quarta-feira à tarde, seguida de missa, e de procissão a luz de velas todo sábado à noite, acompanhada pela oração do Terço. As celebrações são presididas pelo cardeal Angelo Comastri, arcipreste emérito da Basílica de São Pedro.